Pintando o SeteAzul

Camilo suspende bondinho de Fortaleza, mas mantém teleférico do Horto em plena pandemia

Teleférico do Horto custará ao Governo do Estado 51.478.048,90

Por Mais Ceará em 17/03/2021 às 10:42:23

Google

Após forte pressão da oposição acerca da desnecessidade da implementação de um bondinho turístico em Fortaleza a um custo superior a 115 milhões em plena pandemia, o Governador Camilo Santana recuou e anunciou a suspensão da obra através das suas redes sociais. É saldo lembrar que a sociedade Cearense ainda é agredida ao avistar cenas na Praia de Iracema semelhantes a Alepo na Síria, pois o megalomaníaco Aquário do Ceará avisou uma mistura de nada com coisa nenhuma, em resumo muito dinheiro público desperdiçado.


A marcha ré do Governador Camilo em referência ao Bondinho devido a grave crise sanitária que assola o Ceará, foi desengatada em relação a outra obra milionária que é o Teleférico de Juazeiro, que ligará a cidade a Colona do Horto onde está situada a imagem de Padre Cicero. A um custo de R$ 51.478.048,90 (cinquenta e um milhões quatrocentos e setenta e oito mil quarentena e oito reais e noventa centavos) o Governo do Ceará por meio da Secretaria de Turismo do Estado autoriza Ordem de Fornecimento do equipamento teleférico. Sendo que o contrato é de 2019, e a Ordem de Fornecimento é datada de Agosto de 2020, e foi publicada em Diário Oficial somente ontem.


Segue Ordem de Fornecimento:


Fonte: Diário Oficial do Estado

Comunicar erro
CEP

Comentários