Pintando o SeteAzul

"É o dia mais esperado", diz secretária sobre vacinação de profissionais da linha de frente em Curitiba

Por Mais Ceará em 25/01/2021 às 16:17:36

A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, explica que serão vacinados todas as pessoas que atuam diariamente nas áreas de atendimento a pacientes com Covid, tanto do SUS, como da rede particular. “Hoje demos prioridade para o grupo médico, enfermagem, fisioterapia, mas também vamos vacinar a linha de frente de pessoas que são da área de higiene e serviços de apoio que estão nessas alas Covid”, afirmou a secretária.

Huçulak ressalta que todas as pessoas que recebem o imunizante assinam um termo de aceite da vacina e que a expectativa é por dias melhores. “Hoje é o dia mais esperado. Eu me emocionei várias vezes hoje aqui conversando com médicos da linha de frente. Ontem saiu uma notícia de que Israel, que foi um dos países que mais vacinou, apresentou uma queda de 60% só com a primeira dose de internações de pacientes graves. Isso é um alívio para nós e é o que nós esperamos”, destacou Huçulak.

A vacinação está sendo feita de forma escalonada, no Pavilhão da Cura (Centro de Eventos Positivo), no parque Barigui, numa parte do espaço que já está preparado. Nesta segunda-feira, o atendimento acontece das 13h às 20h. Nos demais dias, das 8h às 20h, de segunda a sábado.

O médico Nogarolli, que atua há 36 anos no atendimento pré-hospitalar, foi um dos profissionais imunizados neste início de semana. “Tô feliz e aliviado. Recebi hoje pela manhã o aviso pelo aplicativo via celular de que o meu nome estava agendado no lugar de uma desistência. Pela minha idade, faço parte do grupo de risco, então fico satisfeito em vir receber minha primeira dose da Coronavac. Não dói nada, é maravilhoso”, disse ele.

Foto: Marcelo Borges/Banda B

Outra profissional de saúde vacinada foi a técnica de enfermagem, Hilda Dias Nascimento , há 21 anos na área. Ela foi infectada pela Covid-19 em novembro. “Na realidade, eu estou em tratamento, eu peguei Covid e fiquei com 50% do pulmão comprometido. Se eu pegar novamente, com certeza vai o restante do pulmão. Mas estou me recuperando bem e agora com a vacina com certeza vai dar tudo certo”, comemorou Hilda.

Desde a início do programa de imunização da capital, na quarta-feira, já foram vacinados os profissionais responsáveis pela aplicação das vacinas, idosos e funcionários de instituições de longa permanência e indígenas.

A responsabilidade pela indicação desses profissionais das alas covid-19 é dos hospitais, que enviaram a listagem para a Secretaria Municipal da Saúde.

Aplicativo Saúde Já

O agendamento da vacinação, de acordo com as listas enviadas, será via aplicativo Saúde Já. O profissional receberá uma mensagem com a data e horário da vacinação.

O aplicativo oferece as opções de “Aceitar” a agenda, Reagendar ou Recusar (a vacina). O reagendamento só pode ser feito apenas uma vez.

As direções dos hospitais foram comunicadas pela Secretaria da Saúde para orientarem os profissionais a baixarem o aplicativo e fazerem o cadastramento. O Saúde Já pode ser encontrado nas lojas virtuais das plataformas Google Play ou Apple Store. Pelo site www.saudeja.curitiba.pr.gov.br também é possível fazer o cadastramento e receber o agendamento.

Para profissionais da Região Metropolitana que trabalham em Curitiba nesses hospitais, o aplicativo permite o cadastramento numa versão mais simples, apenas para a funcionalidade da vacina.

Caso algum profissional desse grupo de linha frente tenha dificuldade com o cadastramento no aplicativo, pode ligar para a Central de Teleatendimento (41) 3350-9000. A Secretaria da Saúde acrescentou na central um serviço exclusivo para orientações sobre a vacina da covid-19 na capital.

Parelamente à vacinação desses primeiros profissionais da linha de frente da covid-19, a Prefeitura de Curitiba segue com a vacinação de idosos, moradores e profissionais de Lares e Instituições de Longa Permanência, como asilos.

A campanha de imunização contra a covid-19 na capital paranaense teve início na quarta-feira (20/1) e já foram vacinadas 3.046 pessoas de ILPs e também os 250 vacinadores da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba.

Fonte: Banda B

Comunicar erro
CEP

Comentários