Pintando o SeteAzul

Tarcísio de Freitas nega descontrole de gastos com retomada de obras

Por Mais Ceará em 06/11/2020 às 08:51:28

O ministro da Infraestrutura garante responsabilidade fiscal nos investimentos do governo. Tarcísio de Freitas avalia a aprova√ß√£o pelo Congresso Nacional do projeto que direciona R$ 6 bilh√Ķes para as obras de desenvolvimento regional. "Mas isso se d√° a partir do remanejamento de crédito que estavam empossados em outros ministérios. Ent√£o essa quest√£o do respeito aos pilares fiscais é muito cara para nós. A gente tem isso como fundamental para manuten√ß√£o da política monet√°ria, para os patamares de juros que nos encontramos nesse momento e que n√£o fundamentais para que a gente tenha êxito nesse programa de concess√Ķes."

Leia também

Autonomia n√£o distancia Banco Central do regime de metas, diz Campos Neto

Bolsonaro cita proposta para criar voto impresso e fala em 'buscar sistema confi√°vel' para 2022

Governo deve remanejar transformadores para solucionar apag√£o no Amap√°

Após polêmica em torno do desejo de mais investimentos públicos do núcleo desenvolvimentista do governo, mas diante de uma realidade fiscal improv√°vel, o ministro da Infraestrutura garante que o setor privado comandar√° o processo. "Estamos mandando hoje para o Tribunal de Contas da Uni√£o o edital da Nova Dutra, deve ser um grande leil√£o que deve mexer com o mercado no início do ano que vem. É impressionante j√° o interesse que a Nova Dutra tem despertado e n√£o é por acaso. Tenho certeza que ser√° uma concorrência bastante animada, tem uma quantidade muito grande de investimento e de inova√ß√£o nesse contrato", afirma.Tarcísio de Freitas participou do Macro Vision 2020, promovido pelo banco Itaú, destinado a investidores. Ele voltou a demonstrar otimismo com o programa de concess√Ķes, estradas, portos, aeroportos, ferrovias, hidrovias, do interesse do capital privado no portfólio brasileiro, e prometeu novos leil√Ķes apesar da pandemia.

*Com informa√ß√Ķes do repórter Marcelo Mattos

Fonte: JP

CEP

Coment√°rios