Pintando o SeteAzul

Collor critica Sergio Moro e diz que ex-ministro errou ao entrar na política

Por Mais Ceará em 15/09/2020 às 08:51:28

O ex-presidente da República Fernando Collor de Melo critica Sergio Moro e diz que o ex-juiz errou ao entrar na política.Em entrevista ao Morning Show, da Jovem Pan, o senador questionou a isenção do então juiz a frente dos processos da Lava Jato. Para o parlamentar, Sergio Moro se utilizou de métodos heterodoxos fora das funções de um juiz imparcial. Ele também desaprovou o período em que Moro foi titular do Ministério da Justiça e da Segurança Pública. Para o senador, o ex-ministro tinha aspirações de poder maiores que as do presidente da República. "Cada qual no seu quadrado, o quadrado dele não é a política. Ele veio se metendo, veio se enxerir para ser ministro da Justiça achando que seria o "bambambã" do governo Bolsonaro e, naturalmente, iria manietar o governo, no sentido de trazer o governo as suas ideias e concepções."

Leia também

Esquema de propinas de Lula entrou na mira da Lava Jato após e-mail de Marcelo Odebrecht

'Sergio Moro está atrapalhando o País', diz Fiuza sobre denúncias contra Bolsonaro

Celso de Mello determina que Bolsonaro preste depoimento presencial sobre possível interferência na PF

O ex-presidente também afirmou que os mais de 40 pedidos de impeachment contra Jair Bolsonaro banalizam um processo tão sério para a democracia. E que durante uma pandemia, o impedimento não tem possibilidade de passar pelo Congresso Nacional. "Ele vem fazendo com capacidade, com competência e vem se aproximando do Centro democrático, que estão os partidos que desejam estar com ele, apoiando a sua administração. E com isso, construindo essa maioria parlamentar. Sem maioria parlamentar, não há governo que se sustente no lugar", afirma. Fernando Collor de Melo também garantiu que todas as interações feitas nas redes sociais dele são feitas por ele mesmo, embora reconheça que há uma equipe apenas para auxiliá-lo na produção de postagens institucionais. "Sou uma pessoa, por excelência, bem humorada e reencontrei esse meu bom humor graças às redes sociais. (…) Entendi que tinha que fazer dessa interação bem humorada ou então transformaria meus tuítes em um ringue de MMA, o que não dava. Tinha que prevalecer o bom humor e é isso que venho tentando", disse.

*Com informações do repórter Vinícius Nunes

Fonte: JP

CEP

Comentários