Pintando o SeteAzul

A Prefeitura de Fortaleza é essencial para Ciro 2022

A sucessão de Roberto Cláudio é oxigênio para Ciro 2022

Por Mais Ceará em 16/08/2020 às 17:06:05

É de extrema importância a sucessão da Prefeitura de Fortaleza para os planos políticos de Ciro em 2022. A Presidência da República visto pelo Clã político do Ceará é a maior aspiração dos irmãos Ferreira Gomes, que comandam a política Cearense a décadas, centralizando decisões no líder mor Ciro Gomes. O desafio de chegar ao Planalto deixou de ser utopia, pois Ciro deixou de ser um solitário idealista para atrair importantes apoios, antes irrefutáveis petistas, para agregar sua empreitada.

Fazer o sucessor de Roberto Cláudio (PDT), é para Ciro um pilar de sustentação da sua campanha de 2022, visto enxergar na Prefeitura de Fortaleza importante QG para arrebanhar seguidores e encorpar sua campanha apartir da Capital Cearense. Caso perca em Fortaleza, Ciro correrá sério risco de um efeito manada migratório de apoiadores do terreiro Ferreira Gomes para o oposicionista. Aqui, o PT tão estigmatizado virtualmente por Ciro para atrair apoios como o de Marina e o PSB, é oxigênio para a perpetuação Ferreira Gomes frente a Prefeitura Alencarina.

A pedra no caminho de Ciro e certamente seu maior pesadelo, é cogitar a hipótese do Capitão Wagner (Pros), ser o próximo Prefeito de Fortaleza. Nesse Cenário, Wagner é astuto, polido e articulado no meio político, certamente será importante condutor, caso Prefeito, para desmontar tenda Ferreira Gomes do Governo e do sonho da Presidência em 2022. Ao Presidente Bolsonaro, por estar com a caneta na mão, cabe decidir se olhará de longe ver Ciro se armar para enfrenta-lo, ou entrar de verdade no alicerce das eleições de 2022, e fragilizar as estruturas de um adversário em potencial.

No Ceará, ligado ao Presidente, há um Centrão Bolsonarista em Brasília, mas Cirista em Fortaleza... Basta ver como está distribuído os Órgãos Federais, de competência do Planalto, servindo por debaixo dos panos para ajudar Ciro, funcionando como cavalos de Tróia em meio ao Bolsonarismo. Quando o Planalto irá fazer política com "P" no Ceará? Como justificar aliados de Ciro nas eleições de Fortaleza, ocupando cargos estratégicos do Governo Federal no Ceará, passando literalmente chuva com chapéu alheio? Até quando a miopia oposicionista irá persistir em entender que Ciro tem a Prefeitura de Fortaleza como prioridade para o momento, e usa até mesmo o Governo Federal para aparelhar seu plano de perpetuação no Poder na Terra do Sol para daqui avistar as roxas terras do Planalto Central?

CEP