Pintando o SeteAzul

Com carta pela democracia, Rodrigo Pacheco oficializa candidatura à presid√™ncia do Senado

Por Mais Ceará em 20/01/2021 às 06:34:34

O senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) oficializou a candidatura dele à presidência do Senado. Tido como favorito na disputa, ele reúne o apoio oficial de nove partidos: DEM, PSD, Progressistas, PT, PL, PDT, PROS, Republicanos e PSC. O parlamentar conseguiu a preferência tanto do presidente Jair Bolsonaro como dos petistas e outras for√ßas de oposi√ß√£o. C√°lculos de aliados estimam que ele j√° teria mais do que os 41 votos necess√°rios para vencer a elei√ß√£o.

Pacheco publicou uma carta em que afirma reconhecer "a necessidade de se manterem os méritos e os avan√ßos da gest√£o atual" e que est√° "ciente de que os novos desafios do Brasil demandar√£o novas solu√ß√Ķes".Entre outros pontos, o senador promete garantir a democracia, a estabilidade social, política e econômica, preservar a independência do Senado e assegurar as prerrogativas dos senadores.J√° a senadora Simone Tebet (MDB) esteve no Mato Grosso do Sul ao lado do deputado Baleia Rossi.

Leia também

Maia encontrará embaixador da China para tratar da produção de vacinas no Brasil

Qual é o papel dos presidentes da C√Ęmara e do Senado e por que o cargo é alvo de tanta disputa?

Políticos e autoridades comemoram aprova√ß√£o de vacinas contra a Covid-19

Em nota conjunta, eles dizem que " a derrota do Planalto na guerra de vacinas contra o governador Jo√£o Doria, o recibo passado pelo ministro Pazuello, o barulho das redes e ruas, além dos últimos arroubos autorit√°rios e machistas de Bolsonaro, aumentaram as perspectivas de o MDB reconquistar as duas Casas do Legislativo". O texto é uma eleva√ß√£o de tom de Simone Tebet em rela√ß√£o ao Planalto.

*Com informa√ß√Ķes do repórter Levy Guimar√£es

Fonte: JP

Comunicar erro
CEP

Coment√°rios