Vai dar certo

"Quem fez a reforma trabalhista tem mentalidade escravocrata", diz Lula

Por Mais Ceará em 12/05/2022 às 20:50:36

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de um evento na Sindimais – evento que reúne especialistas em relações sindicais – nesta quinta-feira, 12, e teceu duras críticas à reforma trabalhista. Na visão do pré-candidato, aqueles que participaram da mudança na legislação possuem “mentalidade escravocrata”. “A mentalidade de quem fez a reforma trabalhista e a reforma sindical é uma mentalidade escravocrata, é a mentalidade de quem acha que o sindicato não tem que ter força ou representatividade. Em qualquer lugar do mundo, seja nos países nórdicos, seja na Europa, no Japão, se tiver economia forte, tem sindicato forte”, alegou o petista.

Lula, que é pré-candidato à presidência da República e atual líder nas pesquisas que medem as intenções de voto, argumentou que o Estado deve funcionar “como um árbitro” para que as partes – empresários e empregados – possam negociar os interesses em conjunto. No evento, o líder do Partido dos Trabalhadores aproveitou para atacar o presidente Jair Bolsonaro (PL) e chamá-lo de ditador. “Ontem o presidente disse que é importante o povo comprar arma, porque somente com arma vai evitar um governo ditador. Ele é o ditador, eu quero que o povo vá pra universidade. É efetivamente a formação profissional que vai tornar o país competitivo, a gente não vai ser nunca um país competitivo se a gente não investir em educação”, argumentou.

Fonte: JP

Comunicar erro
CAMES

Comentários

Pintando o SeteAzul