Pintando o SeteAzul

Prefeito, quem autoriza uma busca e apreensão é o Poder Judiciário, e não o Presidente da República

Acerca do vídeo que o Prefeito Roberto Claudio publicou nas suas redes sociais sobre a Operação Cartão Vermelho da Polícia Federal

Por Mais Ceará em 03/11/2020 às 19:44:53
Instagram

Instagram

Após o episódio de hoje em Fortaleza, onde a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão, referentes a operação CARTÃO VERMELHO, onde se propõe colher provas de indícios de desvios de dinheiro público pela Prefeitura de Fortaleza, referentes ao Hospital de Campanha montado no Estádio Presidente Vargas, a cidade ficou atônita, aguardando um posicionamento do chefe do Poder Executivo de Fortaleza, no caso o Prefeito Roberto Cláudio.

CLIQUE AQUI, Veja vídeo do Instagram

Em vídeo, publicado em suas redes sociais, Roberto Cláudio ignorou o fato em si, e enveredou pela politização do tema, apontando o Presidente da República, Jair Bolsonaro, como tendo interferido de forma objetiva na Polícia Federal, para criar fato político contra o candidato Sarto, a poucos dias das eleições. O perigoso caminho tomado pelo Prefeito, certamente se transformará em uma peleja judicial, que pouco interessa ao contexto dos indícios de desvios do dinheiro público, sobretudo diante de uma situação em que os Fortalezenses estavam prostrados diante da pandemia.

O Prefeito Roberto Cláudio, só esquece que a medida cautelar de busca e apreensão é autorizada pelo Poder Judiciário, e não pelo Presidente da República. Ao colocar em cheque a dúvida na operação da Polícia Federal por meio do vídeo acima, o Prefeito atenta não contra o Presidente, mas contra as instituições, ao Estado Democrático de Direito, e ao Poder Judiciário, que é colocado segundo as colocações do Prefeito em estado de constrangimento e suspeição. Qual o magistrado assinou tal cautelar autorizando a operação? As associações de Magistrados, o queixem disso?

Fonte: Instagram

CEP

Comentários