Pintando o SeteAzul

Gestão Roberto Cláudio entrega condução da saúde primária de Fortaleza à OS paulistas por 213 milhões

A terceirização no gerenciamento da saúde primária de Fortaleza

Por Mais Ceará em 02/06/2020 às 17:22:46
Google

Google

A Gestão do Prefeito Roberto Cláudio, que é Doutor em Saúde Pública termina este ano, e com a marca forte da "terceirização" no gerenciamento da saúde pública municipal. Diante de um cenário de guerra, onde a pandemia do COVID 19 maltrata e destrói lares fortalezenses, com perdas irreparáveis, e graves denúncias de superfaturamentos de respiradores, inclusive com investigação em curso da Polícia Federal, associado a CGU, a Justiça Federal e ao Ministério Público Federal, eis que aparece o improvável, uma OS - Organização Social, contratada por 213 milhões para gerenciar a atenção primária da saúde de Fortaleza.

Alguns pontos são relevantes a contratação milionária do último ano da Gestão Roberto Cláudio, da OS Associação Beneficente Cisne - Instituto Cisne, CNPJ n. 56.322.696/0001-27, com sede em Carapicuiba -SP, por 213.678.675,60 (duzentos e treze milhões seiscentos e setenta e oito mil seiscentos e setenta e cinco reais e sessenta centavos). Em princípio é preciso ponderar se a terceirização do atendimento de saúde por meio da OS economiza valores para o município, pois diante da grave crise o município contratar por cifra milionária, carece ser bem fundamentada, haja vista que estamos tratando do dinheiro público dos contribuintes de Fortaleza. Outro relevante ponto é o fato da empresa que levará a cifra milionária, ser de São Paulo e responder a 128 processos judiciais, inclusive de notícias de serviços precários prestados a prefeituras paulistas, além do que, será que no Ceará não há ninguém competente para este serviço?

O referido vínculo entre o município de Fortaleza e a OS - Instituto Cisne, está publicado no Diário Oficial do Município de Fortaleza do dia 26/05/2020, e merece que os Vereadores de Fortaleza verifiquem de perto a condução da atenção primária da saúde do município de Fortaleza tocado agora pela OS paulistas. segue abaixo publicação no diário Oficial, bem como as consultas processuais, e outros documentos inerentes ao acordo:








Fonte: Redação

CEP

Comentários