Vai dar certo

Corregedoria do MPF não vê irregularidades no acordo de leniência da Odebrecht na Lava Jato

Por Mais Ceará em 04/10/2021 às 07:09:11

A decis√£o do Ministério Público Federal (MPF) veio após investiga√ß√£o pedida pela defesa do ex-presidente Luiz In√°cio Lula da Silva, ao Supremo Tribunal Federal (STF). Os advogados do petista questionaram a regularidade de procedimentos adotados por procuradores em contato com autoridades de outros países nas tratativas para a colabora√ß√£o da Odebrecht no √Ęmbito da Lava Jato, que investigou um megaesquema de corrup√ß√£o na Petrobr√°s, durante os governos de Lula e Dilma Rousseff. A corregedoria do MPF concluiu que n√£o houve irregularidades nos acordos de leniência. O questionamento da defesa de Lula teve como base as mensagens apreendidas na opera√ß√£o spoofing, obtidas depois da invas√£o hacker em celulares de diversas autoridades, entre as quais procuradores da Lava Jato. Conduzida pela Procuradoria-geral da República (PGR), a apura√ß√£o interna n√£o encontrou elementos que indicassem qualquer ilegalidade nas negocia√ß√Ķes para o acordo de leniência com a empresa e defendeu o arquivamento da investiga√ß√£o.

*Com informa√ß√Ķes da repórter Leticia Ticianeli

Fonte: JP

Comunicar erro
CAMES

Coment√°rios

Pintando o SeteAzul