Vai dar certo

Quase 96 milhões de reais para gerenciar o hospital de campanha no PV?

Empresa Paulista é apontada em dispensa de licitação

Por Mais Ceará em 13/04/2020 às 09:46:00

Em meio a crescente curva de infectados e mortos em Fortaleza, o Governo Municipal, apoiado na calamidade e emergência pública, promove verdadeira farra com o dinheiro público. Se não bastasse a errônea estratégia de destruir o Estádio Presidente Vargas, recém reformado, para montar um hospital de campanha, promove com "DISPENSA DE LICITAÇÃO" a contratação de uma Organização Social paulista para administrar tal hospital, a um custo maior do que para construir o hospital.

Você não leu errado, o gerenciamento do Hospital de Campanha montado no PV, pode custar aos cofres públicos somas superiores a 95 milhões de reais, conforme publicação abaixo, do Diário Oficial do Município, datado do último dia 08. A empresa apontada na dispensa de licitação é a ASSOCIAÇÃO PAULISTA PARA O DESENVOLVIMENTO DA MEDICINA - SPDM, CNPJ/MF sob o n° 61.699.567/0001-92, e vai receber pelo serviço até o montante de R$ 95.948.156,80 (noventa e cinco milhões, novecentos e quarenta e oito mil, cento e cinquenta e seis reais e oitenta centavos).


Com a palavra os Vereadores de Fortaleza, que são responsáveis pela fiscalização do dinheiro público, bem com o Ministério Público, que tem o dever funcional de zelar pelo interesse coletivo.

Fonte: Redação

Comunicar erro
CAMES

Comentários

Pintando o SeteAzul