Pintando o SeteAzul

Bruno Covas decide se licenciar do cargo de prefeito por 30 dias para tratar câncer

Por Mais Ceará em 02/05/2021 às 20:14:10

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decidiu se licenciar por 30 dias do cargo para dar continuidade ao tratamento do câncer digestivo. Segundo a assessoria de imprensa do tucano, a decisão foi tomada em razão “da necessidade de dedicação exclusiva” de tratamento médico. Com a decisão, o vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB), assume o posto assim que a Câmara Municipal de São Paulo autorizar. À Jovem Pan, o médico David Uip afirmou que Covas foi internado na tarde deste domingo, 2, no hospital Sírio-Libanês. “Foi internado [na tarde de hoje]. Ele seria internado normalmente amanhã, para a segunda série de tratamento de quimioterapia e imunoterapia, mas optamos por antecipar”, disse em breve contato telefônico.

“Nesse momento, com toda a força e foco que preciso colocar na minha saúde, fica incompatível o exercício responsável de minhas funções como prefeito de São Paulo. Por isso, vou solicitar à Câmara de Vereadores uma licença do cargo pelo período de 30 dias para me dedicar integralmente à minha recuperação”, escreveu Covas em um comunicado divulgado em suas redes sociais.

“A Prefeitura de São Paulo, por meio das Secretarias de Governo e Especial de Comunicação, informa que, diante da necessidade de dedicação exclusiva ao tratamento médico neste momento, o prefeito Bruno Covas pedirá licença de 30 dias à Câmara Municipal e o cargo será exercido pelo vice-prefeito Ricardo Nunes. Desde que recebeu o diagnóstico da enfermidade, Covas adotou total transparência em respeito à população. Com o surgimento de novos focos, o Prefeito de São Paulo precisará de dedicação integral ao tratamento e entende que não será compatível com as suas responsabilidades e compromisso com a cidade e os paulistanos. Diante do exposto, o ofício com o pedido de afastamento por 30 dias será enviado nesta segunda-feira, 03/05, com base nos Artigos 65 e 66 da Lei Orgânica do Município”, diz nota da assessoria de imprensa do prefeito.

Covas foi internado no dia 15 de abril para a realização de exames de controle, que detectaram o surgimento de novos pontos de câncer no fígado e nos ossos. Enquanto esteve hospitalizado, houve uma piora em seu quadro de saúde – o tucano foi diagnosticado com líquido no abdômen e nas pleuras, tecidos que revestem os pulmões. O prefeito recebeu alta no dia 27 de abril. “Partiu casa! Mais uma vitória entre muitas batalhas. Agradeço a todos pelas rezas, orações e pensamentos positivos. O tratamento continua. O carinho e força que recebi durante todos esses dias são essenciais para continuar lutando e acreditando”, disse em um post publicado em seu perfil nas redes sociais.

Fonte: JP

Comunicar erro
CEP

Comentários