Pintando o SeteAzul

Em evento com militares, Bolsonaro diz zelar por união e harmonia do país

Por Mais Ceará em 21/01/2021 às 08:00:38

O presidente Jair Bolsonaro disse zelar pela união, pelo entendimento, pela paz e pela harmonia do país. Nas palavras dele, os "setores que teimam em remar no sentido contrário, perderão". Bolsonaro afirma que, atualmente, o Brasil tem um governo que pensa no país como um todo e que a grande base para que isso aconteça vem das Forças Armadas. "Quando somos atacados, dependendo de onde vem os fogos, tenham certeza, que estamos no caminho certo. Eu prego e zelo pela união de todos, pelo entedimento, pela paz e pela harmonia. Mas os poucos setores que teimam remar em sentido contrário, tenho certeza, vocês perderão", disse o mandatário.

A declaração do chefe do Executivo federal aconteceu durante a comemoração de 80 anos do Comando da Aeronáutica, realizada na Base Aérea de Brasília nesta quarta-feira, 20. Em discurso para o evento, Bolsonaro aproveitou para agradecer o papel da Força Aérea no combate à pandemia da Covid-19. "Podemos citar o socorro aos nossos irmãos de Manaus, que passavam momentos difíceis e a nossa Força Aérea transportando em suas asas, meios, materiais e gente para socorrer os nossos irmãos. Também a nossa Força Aérea, nessa primeira parte da entrega de vacinas no Brasil, cumpriu a sua missão no dia D menos 1", afirmou.

Leia também

Governo diz ser 'único interlocutor oficial' da China sobre importação de insumos para vacina

Após fala de Bolsonaro, Mourão diz que Forças Armadas são despolitizadas

Lira e Maia divergem sobre postura de Doria e Bolsonaro após liberação de vacinas

O presidente fez questão de lembrar que a Força Aérea Brasileira foi criada durante a segunda guerra e teve como função inicial combater o nazismo e o facismo na Europa, lutando pela democracia e liberdade. Ele garantiu que o Brasil vem experimentando mudanças ao longo dos últimos dois anos, sendo uma das mais importantes ter um presidente da república, comandantes das Forças Armadas e ministros que acreditam em Deus.

*Com informações do repórter Antônio Maldonado

Fonte: JP

Comunicar erro
CEP

Comentários