Pintando o SeteAzul

Estudante de Direito de 22 anos morre com Covid-19 em apenas 13 dias; veja a última mensagem

Por Mais Ceará em 12/01/2021 às 13:17:38

"Ele passou o natal bem com a gente e no domingo foi pedalar, como sempre fazia. Notei que ele chegou muito cansado e na segunda-feira teve febre, dei remédio, mas na terça estava mal. Levamos para o hospital com dor de garganta, foi medicado, fez o teste da Covid e veio pra casa. Ficou bem abatido em casa e o resultado saiu na sexta-feira, positivo. Daí no sábado, levamos de volta no hospital porque ele estava bem fraco. Ele foi internado com desidratação e veio pra casa na segunda-feira. Achamos que já estava melhor", contou a mãe.

Em casa, Mauricio começou a sentir muita dor de cabeça e chegou a perder a consciência. Foi levado novamente para o hospital, no mesmo dia.

"Dessa vez, meu filho já estava com arritmia a 220 e apareceu diabetes de 517. Levamos um susto porque ele nunca teve diabetes. O Mauricio teve então uma parada cardíaca, foi reanimado e internado na UTI. Ele foi entubado e melhorou,s iau na quarta do tubo, dois depois e até me ligou. Só que teve outra parada cardíaca porque o pâncreas teve uma infecção. Daí meu filho faleceu no sábado", contou a mãe, bastante emocionada.

Mauricio pedalava com frequência – Facebook

Ele se cuidava

Marcia contou que o filho sempre se cuidava em relação à Covid e ninguém sabe como ele pegou o vírus. "Foi rápido demais. Meu filho morreu em 13 dias. Um menino saudável, que fazia exercício, ia na igreja e sempre cuidou dele e dos outros pra não se contaminar. Muito inteligente, meu filho querido", disse Marcia, moradora de São José dos Pinhais. na Região Metropolitana de Curitiba.

Muitos amigos procuraram a Banda B para pedir uma reportagem em homenagem a Mauricio. No Facebook, reproduzimos aqui a última mensagem dele, antes de ficar doente. Mauricio falou em gratidão.

"Que ano, meus amigos!

•O ano não acabou, ainda, eu sei! Mas se tem algo que podemos concordar, é que este ano foi completamente diferente de todos os últimos anos!•Um ano pandêmico, um ano inesperado, um ano ruim para muitos, bom para alguns, mas completamente diferente para todos!•Apesar de tudo, o que nos resta é celebrar a vida, conquistas e agradecer os desafios e dificuldades que com certeza nos fizeram mais fortes para os próximos anos que virão!•O ano não acabou ainda, eu sei! E é por isso que estou falando de gratidão, aproveite separar um tempo e escrever os motivos de porque você é grato este ano!•A gratidão aproxima pessoas, gera novas conquistas e ainda gera reconhecimento daquilo que temos feito e nos tem acontecido! Enquanto a ingratidão afasta as pessoas e não gera reconhecimento do que temos feito e nos tem acontecido!"

Publicado primeiro em Banda B » Estudante de Direito de 22 anos morre com Covid-19 em apenas 13 dias; veja a última mensagem

Fonte: Banda B

Comunicar erro
CEP

Comentários