Pintando o SeteAzul

WhatsApp bane mais de mil contas no Brasil por suspeitas de disparos em massa nas eleições

Por Mais Ceará em 19/11/2020 às 16:34:28

Mais de mil contas brasileiras no WhatsApp foram banidas por disparos em massa relativos às eleições municipais de 2020. As informações foram divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quinta-feira, 19. Ao todo, 4.759 denúncias foram recebidas pelo Programa de Enfrentamento à Desinformação do TSE entre os dias 27 de setembro e 15 de novembro, 129 delas foram desconsideradas porque não estavam relacionadas às eleições e 4.630 foram enviadas para análise do Whatsapp. A plataforma teria identificado 3,2 mil contas válidas e banido 1.004 delas por violar os termos de serviço do aplicativo.

Leia também

Crivella pede desculpas 'por excessos' após xingar Doria de 'vagabundo'

Joice Hasselmann e PSL declaram apoio a Covas

Férias e 13º devem ser pagos de forma integral para trabalhadores que tiveram jornada reduzida

O TSE informou, ainda, que 63% das contas denunciadas tinham sido bloqueadas antes mesmo de serem reportadas ao WhatsApp por um sistema do próprio aplicativo que detectou os disparos em massa. A prática voltada para as eleições é proibida e passível de punição, de acordo com a corte. A denúncia de disparos em massa pode ser feita pelo site do TSE. Nele, o usuário precisará informar obrigatoriamente o nome, unidade federativa, cidade, data de recebimento da mensagem e origem dela. Ele precisará, também, dar detalhes sobre o texto, foto ou vídeo recebido. O canal de denúncia valerá para o segundo turno e pode ser acessado neste link.

Fonte: JP

CEP

Comentários