Pintando o SeteAzul

Anvisa autoriza importação de matéria-prima para produção de vacina pelo Butantan

Por Mais Ceará em 28/10/2020 às 18:31:09

"Esse atraso, na emiss√£o da autoriza√ß√£o, pode ter efeito na produ√ß√£o da vacina. Cada dia que aguardamos a autoriza√ß√£o significa um dia a menos de vacina. Nós estamos tendo elevado número de óbitos no Brasil todo dia. Tem a necessidade da urgência. Esperamos que a Anvisa se pronuncie o mais rapidamente possível autorizando para que essa matéria-prima seja liberada."

Inicialmente programada para o dia 4 de novembro, a decis√£o da Anvisa foi tomada por meio de um novo procedimento, chamado de circuito deliberativo. De acordo com a agência, a autoriza√ß√£o ocorre em car√°ter excepcional, j√° que a vacina ainda est√° na última fase de estudos.

O uso do produto, entretanto, ficar√° condicionado à aprova√ß√£o de registro na agência. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem enfatizado que um compromisso de compra da vacina do Butantan pelo governo federal depende do aval da Anvisa, que por sua vez também é condi√ß√£o para a produ√ß√£o.

Na decis√£o desta quarta, a agência diz que o instituto "dever√° manter o produto em suas instala√ß√Ķes, e em perfeitas condi√ß√Ķes de acondicionamento, até que possa ser utilizado ou destruído" – o que depender√° do registro na agência.

Em nota, a agência lembra que os estudos "ainda est√£o em andamento e n√£o existe previs√£o de data para a vacina√ß√£o".

O estado de S√£o Paulo pretende disponibilizar 46 milh√Ķes de doses da Coronavac até o fim de 2020. Segundo o governador Jo√£o Doria (PSDB) afirmou na mesma entrevista, as primeiros seis milh√Ķes devem chegar da China na próxima semana, j√° prontas para aplica√ß√£o.

As outras 40 milh√Ķes de doses ser√£o produzidas pelo Instituto Butantan com a matéria-prima importada da China. Segundo Covas, a f√°brica est√° pronta, aguardando a chegada dos insumos para iniciar a produ√ß√£o.

Estado registra menor média de mortes Na entrevista desta quarta, o governo estadual informou que S√£o Paulo registrou a menor média móvel semanal de óbitos dos últimos seis meses: 91 mortes. Pelo segundo dia consecutivo, se manteve abaixo de 100, segundo o governo do estado. Em rela√ß√£o aos últimos 15 dias, a redu√ß√£o nos óbitos foi de 23% e se comparado aos últimos 30 dias, a queda foi de 44%, de acordo com daddos da gest√£o Doria.

O estado contabiliza, nesta quarta-feira, 39.007 mortes e 1.103.582 casos confirmados de Covid-19.

As taxas de ocupa√ß√£o dos leitos de UTI s√£o de 40% na Grande S√£o Paulo e 39,2% no estado. Até a manh√£ desta quarta, havia 4.123 pacientes internados em enfermaria e 3.147 em UTIs.

O secret√°rio estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, n√£o descarta a possibilidade de uma segunda onda de Covid-19, a exemplo do que ocorre na Europa, ou "outro platô num nível mais baixo".

Publicado primeiro em Banda B ¬Ľ Anvisa autoriza importa√ß√£o de matéria-prima para produ√ß√£o de vacina pelo Butantan

Fonte: Banda B

CEP

Coment√°rios