Pintando o SeteAzul

Flordelis mostra tornozeleira em transmissão ao vivo e diz que "isso não prova nada"

Por Mais Ceará em 12/10/2020 às 16:17:29

A deputada e pastora Flordelis (PSD-RJ) pediu para ter a tornozeleira eletrônica que a monitora filmada enquanto cantava um hino evangélico para seguidores nas redes sociais neste domingo, 11. "Mostra aqui, isso não comprova nada", orientou Flordelis, subindo parte da saia e expondo o objeto. Ela é acusada pela polícia de ser mentora da morte do próprio marido, pastor Anderson do Carmo, assassinado na garagem da casa da família, na cidade de Niterói, em junho de 2019. Outros membros da família de Flordelis estão presos, mas a deputada, que tem foro privilegiado, continua em liberdade.

Leia também

Após quase três semanas, deputada Flordelis é intimada a colocar tornozeleira eletrônica

Para impedir contato com filhos, juíza cancela carteira de visitante de Flordelis

Caso Flordelis: Inquérito envolve mais quatro pessoas ligadas à deputada

Flordelis colocou a tornozeleira eletrônica na última sexta-feira, 9, após passar quase três semanas sendo procurada pela justiça do Rio para ser intimada. A defesa da deputada chegou a recorrer para que a tornozeleira não fosse instalada, mas teve o pedido negado. A decisão judicial obriga que Flordelis seja monitorada e fique em recolhimento domiciliar entre 23h e 6h. Apesar de provas ligando a pastora ao crime, ela nega o ocorrido.

Morte do pastor Anderson

O pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis, foi assassinado na madrugada do dia 16 de junho de 2019 na garagem da casa da família, na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro. A princípio, a deputada afirmou que Anderson seria vítima de uma tentativa de latrocínio, mas investigações da polícia do Rio de Janeiro detectaram indícios de envolvimento dos filhos da pastora no assassinato. Flordelis foi indiciada por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio, falsidade ideológica, uso de documento falso e organização criminosa majorada.

Fonte: JP

Comunicar erro
CEP

Comentários