tudo passa

Lula, Gilmar Mendes, Lira e outros políticos prestam homenagens a Zagallo: "Lenda do futebol"

Políticos e autoridades lamentaram neste sábado, 6, a morte do ex-jogador e ex-técnico de futebol Mário Jorge Lobo Zagallo, aos 92 anos.

Por Mais Ceará em 06/01/2024 às 11:02:15

Foto: Reprodução internet

Políticos e autoridades lamentaram neste sábado, 6, a morte do ex-jogador e ex-técnico de futebol Mário Jorge Lobo Zagallo, aos 92 anos. Com publicações nas redes sociais, declarações e fotos de momentos históricos, nomes como Gilmar Mendes, Arthur Lira (PP-AL), Flávio Dinoe o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) prestam suas últimas homenagens ao Velho Lobo. “O único a participar de quatro conquistas mundiais, dirigiu o maior time de futebol da história, a seleção brasileira de 1970. Corajoso, dedicado, apaixonado e supersticioso, Zagallo era exemplo de brasileiro que não desistia nunca. É essa lição e espírito de carinho, amor, dedicação e superação que ele deixa para todo o nosso país e para o futebol mundial. Nesse momento de despedida, minha solidariedade aos familiares de Zagallo, seus filhos e netos, aos amigos e aos milhões de admiradores”, escreveu o chefe do Executivo, em mensagem compartilha no X (antigo Twitter).

Assim como Lula, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), também usou a plataforma para falar sobre a lenda do futebol mundial e ídolo brasileiro, com uma referência ao supersticioso de Zagallo e a paixão do ex-jogador pelo número 13: “"Obrigado, gênio" tem 13 letras. Descanse em paz Zagallo”, escreveu. Como o site da Jovem Pan mostrou, o ex-técnico da seleção brasileira tinha o número como sinônimo de sorte e chegou a fazer superstições envolvendo o numeral e a quantidade de letras em uma frase, como a icônica declaração "Brasil campeão e Argentina vice, tem 13 letras". Também ministro da Suprema Corte, Flávio Dino (PSB), que assume a cadeira deixada por Rosa Weber, afirmou que o “timaço do título mundial de 1958 está todo reunido no céu”.

Outra frase de Zagallo lembrada por políticos em suas homenagens foi “Vocês vão ter que me engolir”. O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) citou o bordão nas redes sociais e prestou suas condolências. “Que Deus, em sua infinita bondade, o acolha em seus braços e conforte seus familiares, amigos e admiradores”, escreveu, compartilhando o vídeo de um encontro entre o ex-chefe do Executivo e o eterno jogador. O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), por sua vez, exaltou que o “futebol brasileiro está de luto mais uma vez” e citou a morte de Pelé. “lamentamos agora a morte de Mário Jorge Lobo Zagallo. O Velho Lobo. 92 anos. Uma lenda. Único tetracampeão mundial – e por pouco não foi penta. Alguém que será sempre lembrado por valorizar o patriotismo e também por sua superstição inconfundível. Minhas orações e meus sentimentos aos familiares”, concluiu.

Veja homenagens de políticos e autoridades para Zagallo:

Fonte: JP

Comunicar erro
CAMES

Comentários

Pintando o SeteAzul