Vai dar certo

Pfizer pede à Anvisa liberação de reforço contra Covid em crianças

Por Mais Ceará em 21/06/2022 às 19:51:06

O laboratório afirma que o pedido foi enviado à Anvisa porque os estudos indicaram que a terceira dose da vacina “promove uma resposta imune robusta”. O ensaio clínico contou com 4.500 crianças de 5 a 11 anos.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba terá aplicação de segunda dose da vacina da Pfizer contra Covid-19. Foto: Pedro Ribas/SMCS

A agência regulatória dos Estados Unidos, a FDA, aprovou a aplicação do reforço da vacina pediátrica no dia 17 de maio. A terceira dose foi indicada pelo menos cinco meses após a segunda.

“A decisão ocorreu após dados do ensaio clínico da fase 2/3 apontarem que uma dose de reforço de 10ug da vacina promove uma resposta imune robusta com um perfil de segurança favorável, em um momento em que a ômicron era a variante prevalente”, disse o laboratório em nota à imprensa nesta terça-feira (21).

No domingo, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou à reportagem que a aplicação da terceira dose nas crianças de 5 a 11 anos ainda precisa ser discutida pela área técnica e que as evidências científicas são “muito incipientes”.

Esse é o único grupo para o qual ainda não houve a indicação de uma terceira dose da vacina contra a Covid-19 no Brasil. Apenas o imunizante da Pfizer recebeu autorização da Anvisa para a vacinação de crianças com cinco anos.

Fonte: Banda B

Tags:   Saúde
Comunicar erro
CAMES

Comentários

Pintando o SeteAzul