Vai dar certo

A incrível arte de viver a dois.

Por Dr Alex Curvello

Por Mais Ceará em 19/08/2021 às 05:16:32

Acredito que já tenham percebido que nosso Papo de Quinta trata sobre diversos assuntos, sempre tentando expor da melhor maneira como vejo cada tema semanal que tratamos.


Toda quinta, para os ligados em rede social e para os que são saudosistas, nos remete ao famoso TBT, seja para comemorar algo bom que passou, ou um momento a dois que seja bom relembrar.


Sendo que, para que possamos ter bons TBTs no futuro, devemos viver da melhor maneira a dois, quando se trata de relacionamento, que seja duradouro para guardar na memória, seja em pensamentos ou do celular, os felizes momentos vividos juntos.


Não se trata de um guia sobre auto ajuda, muito menos um guia prático de viver a dois, mas sobre um relato do quanto podemos evoluir significativamente se aprendermos a respeitar o espaço da pessoa que amamos sem impor ou ficar chateado quando algo lhe desagrada.


Cada relacionamento tem suas especificidades, suas particularidades e cada ser humano sabe de si, mas tenho dentro de mim que o respeito, carinho, zelo, compreensão e amor, ficam como a base de qualquer relacionamento.


Torna-se demasiadamente importante compreender os limites, nosso e o da pessoa que convivemos, caso a pessoa com que você vive não gosta que pergunte sobre um filme que já começou, sente-se ao lado dela, aproveite o tempo que resta do filme e ela poderá lhe contará sem que você precise perguntar.


Antecipe-se a tudo que ela gosta, faça a pipoca antes dela pedir, deixe o café pronto para tomarem a dois, prepare o ambiente que ela gosta, faça como se estivesse fazendo para você mesmo.


Caso a pessoa com quem você divide seu mundo não goste da pia molhada depois de lavar, tente deixar seca, evitar todo tipo de discussão ajuda a viver melhor.

Se por ventura lhe agrada demonstrar sentimento, faça na medida que a pessoa que você convive aceita receber, na medida certa e que jamais faça na expectativa de receber, apesar da máxima "é dando que se recebe", entendo não ser o mais adequado ficar na expectativa.


A tentativa de compreender a pessoa com a qual convivemos, nos faz entender melhor até quem nós somos.


Que todo desejo e bom sentimento fortaleça os companheiros, que se tornem repletos de alegria, para que vivam sempre falando palavras de amor e pedindo por uma felicidade.


Que todo o caminhar seja sempre junto, ouvindo e dando atenção a pessoa que você convive, e que possamos servir ao próximo sempre que possível.


Que todas promessas, um para com o outro sejam sempre cumpridas, seguindo todos os deveres um para com o outro.


E que possam sempre viver como amigos, os melhores amigos um do outro, viver a dois, sendo um.


Dedico esse Papo de Quinta de hoje para minha esposa Ana Karla!



Fonte: Dr Alex Curvello

CAMES
Pintando o SeteAzul